Pipo Derani completa 60ª edição das 24 Horas de Daytona em quarto lugar.

Vencedor da prova em 2016, brasileiro e os companheiros brigaram pelo pódio até os minutos finais, quando o carro perdeu rendimento

 

Uma das provas mais tradicionais do endurance mundial, as 24 Horas de Daytona, alcançou no último fim de semana (29 e 30) sua 60ª edição. Atual campeão do IMSA WeatherTech SportsCar Championship, o brasileiro Pipo Derani foi o quarto colocado na corrida, que abriu a temporada 2022 da competição.

Derani e os companheiros Tristan Nunez (EUA) e Mike Conway (GB) partiram da sétima colocação no grid da categoria DPi, a bordo do #31 Whelen Engineering Cadillac DPi-V.R., da equipe Action Express Racing.

Logo no início das 761 voltas disputas, o trio mostrou sua força e já aparecia entre os líderes. Eles estiveram a maior parte da prova entre os três primeiros, com chances reais de brigar pelo pódio, liderando a corrida em alguns momentos. No entanto, na meia hora final da disputa, quando aconteceu a última relargada, após uma bandeira amarela, o carro perdeu rendimento e a equipe concluiu a prova em quarto lugar.

“Tentamos o quanto pudemos, mas infelizmente não foi desta vez”, comentou Derani, que já venceu as 24 Horas de Daytona em 2016, ano de sua estreia. A prova deste fim de semana foi sua sétima participação no evento.

“Ao menos, conseguimos lutar até o final. Ficamos sem ritmo na última relargada da corrida e precisamos analisar o motivo ainda”, explicou o paulista de 28 anos.

“Mas gostaria de agradecer a todos da Whelen Engineering, Cadillac e Action Express Racing pelo grande trabalho. Completamos a corrida sem grandes problemas, mas é uma pena porque queríamos muito mais”, continuou Derani.

“Agora vamos focar em Sebring e no campeonato”, destacou o brasileiro, que é tricampeão das 12 Horas de Sebring, pista que será o palco da segunda etapa da temporada, marcada para os dias 16, 17, 18 e 19 de março.

Derani também elogiou seu novo companheiro na temporada regular. “O Tristan fez um grande trabalho em sua primeira corrida conosco e já estou ansioso para voltar a acelerar ao seu lado em Sebring”, finalizou.

Confira o resultado da categoria DPi na 60ª edição das 24 Horas de Daytona:
1 O. Jarvis / T. Blomqvist / H. Castroneves / S. Pagenaud (Meyer Shank Racing W/Curb-Agajanian / Acura DPi) 761 voltas em 24h00min023s026
2 R.Taylor / F. Albuquerque / A. Rossi / W. Stevens (Konica Minolta Acura ARX-05 / Acura DPi) + 3.028
3 T. Vaultier / R. Westbrook / L.Duval / B. Keating (JDC Miller Motorsports / Cadillac DPi) + 4.420
4 P. Derani / T. Nunez / M. Conway (Whelen Engineering Racing / Cadillac DPi) + 5.615
5 K. Kobayashi / J. Johnson / M. Rockenfeller / J. Lopez (Ally Cadillac / Cadillac DPi) + 22 voltas
6 E. Bomber / A. Lynn / M. Ericsson / K. Magnussen (Cadillac Racing / Cadillac DPi) + 27 voltas
7 R.van der Zande / S. Bourdais / S. Dixon / A. Palou (Cadillac Racing / Cadillac DPi) + 39 voltas

FGCom