Stock Car visita a veloz Cascavel pela quinta etapa de 2021.

A cidade de Cascavel, no oeste do Paraná, recebe neste domingo (11) a quinta etapa da temporada 2021 da Stock Car Pro Series.

 

 

O palco das disputas é o Autódromo Zilmar Beux, com seu traçado de 3.058 metros muito apreciado por todos os pilotos do grid.

A razão para tal reside nas características da pista. Com curvas de alta velocidade e poucas reduções fortes, o traçado cascavelense é o que detém a maior média de velocidade do calendário da Stock Car. Para se ter uma ideia, na volta da pole position de Thiago Camilo em 2020, a média horária da volta foi de 171,3 km/h.



E por ser uma pista veloz, os freios não são muito exigidos – o que não quer dizer que não sejam importantes: com pouco uso, o aquecimento apropriado se faz primordial no circuito, especialmente em uma região de temperaturas mais baixas – na última semana, a cidade chegou a registrar 1ºC, mas a previsão do tempo aponta, para a ocasião da etapa, mínima de 10ºC e máxima de 24ºC com clima ensolarado.

Ao contrário da pista do Velocitta, que recebeu as etapas de número 3 e 4 há três semanas, e que é extremamente exigente com os discos Fremax e as pastilhas Fras-le, que suportam temperaturas de até 720ºC e 840ºC, respectivamente, em Cascavel não há nenhuma frenagem durante toda a volta em que a redução de velocidade supere os 100 km/h.

A maior redução é de 75 km/h e acontece na curva 6, com uma frenagem de apenas dois segundos e 110 metros. A curva 8, a última do circuito, tem redução de 70 km/h em 120 metros e 2,5 segundos, gerando uma desaceleração de até 1,3G – este, inclusive, é um dos principais pontos de ultrapassagem do traçado, junto da lendária curva do Bacião, a primeira do circuito, contornada em quarta marcha a cerca de 160 km/h.

A classificação do campeonato tem Daniel Serra na liderança com 131 pontos, seguido de perto por Gabriel Casagrande, o novo vice-líder da temporada, com 116. Ricardo Zonta aparece logo atrás em terceiro com 113, um ponto a mais que Cesar Ramos, o quarto colocado. Diego Nunes, Rubens Barrichello – que na última etapa saltou de 19º na tabela para sétimo -, Denis Navarro, Átila Abreu, Guilherme Salas e Bruno Baptista fecham os dez maiores pontuadores do ano até aqui.

A programação do fim de semana prevê as principais atividades de pista para o sábado (10) com os treinos livres e a classificação às 15h10, e no domingo (11) com a disputa das duas provas a partir das 12h10, ambas com transmissão ao vivo por Band, SporTV, Motorsport.TV, YouTube oficial da Stock Car e no canal AutoVídeos no YouTube e Twich.

A FRAS-LE e a FREMAX são as fornecedoras oficiais de pastilhas e discos de freio da categoria, respectivamente, e trabalham em conjunto com as todas as equipes do grid para assegurar o melhor desempenho, segurança, eficiência e confiabilidade. A Fremax é a fornecedora dos discos desde 2004 e a Fras-le, desde 2016.



Fala, piloto!
“É a pista com a maior média de velocidade na temporada. O irônico é que é um traçado no qual não chegamos a usar a sexta marcha. Todas as curvas são contornadas em terceira e quarta marcha, e isso a torna rápida. Consequentemente o desgaste dos freios é muito baixo porque não há grandes reduções de velocidade nas frenagens. É importante o aquecimento correto de discos e pastilhas, especialmente para a tomada de tempo da classificação, porque sem a temperatura ideal para a volta rápida o piloto perde um pouco de eficiência, então o trabalho de aquecimento do conjunto é essencial em Cascavel, especialmente em acertar o carro para o bom uso dos pneus, inclusive”.
(Átila Abreu, Shell V-Power, Chevrolet Cruze #51)

A pista de Cascavel na ótica da FRAS-LE & FREMAX
“É uma pista de alta velocidade com curvas desafiadoras e rápidas, na qual o freio tem o papel de manter o controle dos carros nas curvas de alta. É um traçado que não exige altas solicitações dos freios e, consequentemente, não temos altas temperaturas nestes componentes. Destaque para trechos como a curva do Bacião, a primeira do circuito, onde os carros entram nela próximos dos 200 km/h”.
(André Brezolin, engenheiro de projeto FRAS-LE & FREMAX)

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO
Sexta-feira, 9 de julho
15h55 – 16h05: Shakedown
16h10 – 16h40: Treino de Estreantes
Sábado, 10 de julho
09h00 – 09h30: 1º Treino Livre (Grupo 1)
09h40 – 10h10: 1º Treino Livre (Grupo 2)
12h05 – 12h35: 2º Treino Livre (Grupo 1)
12h45 – 13h15: 2º Treino Livre (Grupo 2)
15h10 – 15h55: Classificação
Domingo, 11 de julho
11h00 – 11h10: Warmup
12h10: Corrida 1
12h50: Corrida 2

5ª Etapa – Stock Car Pro Series 2021
CASCAVEL (PR)
Autódromo Internacional Zilmar Beux
Extensão: 3.058 metros
Sentido: anti-horário
Curvas: 8 (3 à direita e 5 à esquerda)

Características técnicas (nível 1 a 5 do menor para o maior):
Abrasividade do asfalto: 3
Força lateral: 5
Nível de exigência dos freios: 2

Inauguração: 7 de agosto de 1970
Previsão climática: Tempo ensolarado; mínima de 10ºC e máxima de 24ºC
Pole position em 2020: Thiago Camilo (1min04s124) e Bruno Baptista (1min04s267)
Vencedores em 2020: Thiago Camilo, Bruno Baptista e Daniel Serra

Pilotos que já venceram em 2021
Goiânia: Daniel Serra e Ricardo Maurício
Interlagos: Gabriel Casagrande e António Félix da Costa
Velocitta: Gabriel Casagrande e Rubens Barrichello
Velocitta: Rubens Barrichello e Ricardo Zonta

Classificação do campeonato (Top-10)
1. Daniel Serra, 131 pontos
2. Gabriel Casagrande, 116
3. Ricardo Zonta, 113
4. Cesar Ramos, 112
5. Diego Nunes, 106
6. Rubens Barrichello, 97
7. Denis Navarro, 96
8. Átila Abreu, 89
9. Guilherme Salas, 87
10. Bruno Baptista, 86

Fras-le & Fremax Motorsport