Dia Mundial da Terra: dia de ação para a proteção climática.

A Porsche reforça suas ambições de sustentabilidade: a fabricante de carros esportivos está aproveitando o dia 22 de abril de 2021, Dia Mundial da Terra, para mais uma vez conscientizar sua força de trabalho em todo o planeta sobre a importância da proteção climática.

 

 

O dia de ação terá como enfoque #Project1Hour: a Porsche está proporcionado aos seus funcionários a oportunidade de dedicarem uma hora do seu tempo nesse tópico. Especificamente, a empresa oferecerá informações sobre os fatos e as consequências da crise climática com a ajuda de um seminário online especial, propiciará ideias para reflexão através de apresentações virtuais ou convidará os funcionários para participarem em um quiz climático. O objetivo é aumentar ainda mais a contribuição pessoal de cada funcionário para evitar a produção de CO2. #Project1Hour acontecerá em todo o Grupo Volkswagen, que anunciou o Dia Mundial da Terra como o Dia do Clima Volkswagen.

A Porsche está comprometida com o acordo de proteção climática da Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas – o Acordo de Paris. A descarbonização tem um papel fundamental em nossa empresa. No típico estilo Porsche, a empresa definiu uma meta competitiva para si mesma: “Até 2030, a Porsche tem como objetivo obter a neutralização de gás carbônico em toda a sua cadeia de valor e no ciclo de vida completo de veículos novos vendidos. Já tomamos decisões concretas com essa finalidade no nosso programa de descarbonização. Cada indivíduo pode se comprometer também,” explica Oliver Blume, Presidente da Diretoria da Porsche AG. “O Dia do Clima Volkswagen contribui com a proteção climática, pois ajuda a aumentar a conscientização e transmite as informações necessárias para que possamos fazer frente às mudanças climáticas através de nossas próprias ações.”

O jeito Porsche: mobilidade elétrica como abordagem holística
A neutralização de carbono na Porsche significa: evitar e reduzir ao máximo as emissões de gás carbônico. Somente quando essas duas opções estiverem completamente esgotadas, a fabricante de carros esportivos aplicará medidas de compensação selecionadas cuidadosamente para fechar essa lacuna e garantir uma pegada de carbono neutra. Como medidas específicas, todas as plantas da empresa já são neutras em carbono desde o início do ano: Zuffenhausen desde 2020, seguida por Weissach e Leipzig em janeiro de 2021. Além disso, o objetivo é investir mais de 1 bilhão de euros em medidas de descarbonização ao longo dos próximos dez anos.

A Porsche conquistou um marco com o lançamento mundial do Taycan Cross Turismo no início de março: o multitalentoso carro dentre os esportivos elétricos é o primeiro veículo do mundo a atingir a neutralização do carbono em toda a sua fase de utilização. Os outros modelos da série seguirão essa tendência. Em particular, o planejamento é que mais de 80% dos novos veículos vendidos serão entregues aos clientes como totalmente elétricos ou híbridos até 2030. A meta é atingir uma proporção de 50% de veículos novos com motores elétricos até 2025.

A Porsche assume uma abordagem multidimensional em relação à proteção climática e à sustentabilidade. Um bom exemplo é a planta em Leipzig que ajuda a transformar os resíduos da pintura dos carros em cimento. No fornecimento interno de alimentação, a Porsche cuida para fazer um uso eficiente do abastecimento de alimentos, inclusive com a ajuda de inteligência artificial. Com o auxílio de um algoritmo muito inteligente, a IA deriva as recomendações sobre quais pratos devem ser oferecidos e as quantidades. A IA considera vários fatores como as quantidades de vendas anteriores, o calendário, além dos dados climáticos.

Press Porsche.