GM visa melhorias no alcance e no custo da bateria para acelerar o futuro totalmente elétrico

 

GM faz progresso na química ultium de última geração antes de novo acordo de desenvolvimento conjunto com a SolidEnergy Systems.

 

.

DETROIT – Hoje, em uma conferência virtual do Washington Post Live, o presidente da General Motors, Mark Reuss, forneceu mais detalhes sobre a química da bateria Ultium de última geração da GM e anunciou um acordo de desenvolvimento conjunto com o inovador de baterias de lítio SolidEnergy Systems.

A bateria de metal de lítio da GM com um ânodo protegido contará com uma combinação de acessibilidade, alto desempenho e densidade energética. E o protótipo inicial já completou 150.000 milhas simuladas de teste em laboratórios de pesquisa e desenvolvimento no Centro Técnico Global da GM em Warren, Michigan, demonstrando potencial no mundo real.

Para acelerar a comercialização de baterias Li-Metal, a GM está trabalhando com várias empresas inovadoras e fazendo investimentos que permitirão que a empresa amplie rapidamente.

A GM Ventures foi um dos primeiros investidores há seis anos na SES, líder em pesquisa, desenvolvimento e fabricação de tecnologia li-metal e software de gerenciamento de baterias movido a IA para otimizar desempenho e segurança. O investimento de 2015 foi o início de uma estreita relação de trabalho entre a SES e a organização da General Motors.

O acordo de desenvolvimento conjunto de hoje é a próxima progressão dessa colaboração em curso. Como parte do acordo, a GM e a SES planejam construir uma linha de prototipagem de fabricação em Woburn, Massachusetts,para uma bateria de alta capacidade e pré-produção até 2023.

“Acessibilidade e alcance são duas grandes barreiras para a adoção em massa do EV”, disse Reuss. “Com essa química ultium de última geração, acreditamos que estamos à beira de uma melhoria única em uma geração na densidade e custo da energia. Há ainda mais espaço para melhorar em ambas as categorias, e pretendemos inovar mais rápido do que qualquer outra empresa neste espaço.”

O aumento esperado da densidade de energia da bateria poderia permitir maior alcance em um pacote de tamanho semelhante ou alcance comparável em um pacote menor. A economia de peso e espaço de baterias menores poderia ajudar com a leveza do veículo ou criar mais espaço para tecnologia adicional.

Parte da fundação da colaboração da GM e da SES em baterias protótipos Li-Metal é a extensa experiência de bateria de lítio da GM. A expertise da empresa neste campo resultou em 49 patentes concedidas e 45 patentes pendentes. A SES também trará sua própria propriedade intelectual de metal de lítio para a colaboração.

A GM anuncia esse rápido progresso técnico para possível uso em futuros veículos baseados em Ultium apenas um ano após a revelação da primeira-geração Ultium Platform. Os primeiros produtos à base de Ultium devem estar à venda ainda este ano.

US Media GM