Ricardo Maurício,Campeão de 2020 da Stock Car.

Ricardo Maurício é o campeão de 2020 da Stock Car. O piloto de 41 anos venceu neste domingo (13) a prova válida pela 12ª e última etapa da temporada 2020 da mais importante categoria do automobilismo brasileiro.

Competindo com o Chevrolet Cruze da Eurofarma-RC, Maurício chegou a seu terceiro título, anexando o troféu de 2020 às conquistas de 2008 e 2013.

Em um 2020 no qual nada menos que 13 pilotos venceram corridas em um campeonato extremamente disputado e competitivo, Ricardo Maurício fechou a fatura com 291 pontos. A regularidade foi seu ponto forte: foi o único piloto do grid a pontuar em todas as corridas do ano.

A Eurofarma-RC termina o ano como campeã entre as equipes e tendo agora dois tricampeões em seus carros, já que Daniel Serra fechou a temporada em terceiro com 275 pontos.

Cesar Ramos terminou a prova em segundo lugar, mas foi punido com o acréscimo de 5 segundos a seu tempo de prova por uma manobra sobre Ricardo Zonta, que havia terminado em terceiro e com a penalidade subiu ao segundo lugar na corrida e no campeonato – ficou com 278 pontos e o vice. Ramos terminou em quinto, promovendo Nelsinho Piquet à terceira posição no pódio da prova.

Daniel Serra, Galid Osman, Bruno Baptista, Allam Khodair, Gaetano di Mauro e Guilherme Salas fecharam os dez primeiros da corrida final, que valeu o dobro dos pontos normalmente distribuídos.

Entre os outros postulantes ao título, Diego Nunes foi o 12º e Rubens Barrichello, o 16º após ter de cumprir uma passagem obrigatória pelos boxes após toque em Marcos Gomes. Líder da tabela antes da largada, Thiago Camilo saiu da 17ª posição e foi forçado a dar adeus ao sonho de seu primeiro título ao abandonar na nona volta da prova, com problemas de motor.

Uma temporada em que a nova geração dos carros da Stock Car entrou na pista e representou grandes desafios para pilotos, equipes e freios: os carros, com maior peso e menor pressão aerodinâmica, fizeram os pilotos se readaptarem a um novo estilo de frenagem, o que também trouxe mais exigência ao conjunto formado pelas pastilhas Fras-le e os discos de freio Fremax, capazes de suportar temperaturas de 850 e 720 graus, respectivamente, e que se mostraram mais uma vez confiáveis, eficientes e seguros.

A temporada 2021 já tem data marcara para começar: 28 de março. A Vicar, organizadora e promotora da Stock Car, já divulgou as datas das 12 etapas do próximo ano, que serão distribuídas em 10 etapas, uma por mês, de março a dezembro. Os autódromos onde serão realizadas as etapas serão divulgados posteriormente.

A FRAS-LE e a FREMAX são as fornecedoras oficiais de pastilhas e discos de freio da categoria, respectivamente, e trabalham em conjunto com as todas as equipes do grid para assegurar o melhor desempenho, segurança, eficiência e confiabilidade. A Fremax é a fornecedora dos discos desde 2004 e a Fras-le, desde 2016.


Fala, Campeão!
Ricardo Maurício, Eurofarma-RC, Chevrolet Cruze #90
(Vencedor da Grande Final e Campeão da Stock Car 2020)
“Quero como sempre, primeiro gradecer a equipe que trouxe um carro supercompetitivo, como eu sempre falo, chegar num final de semana de decisão, desce o carro do caminhão, coloca no box e ele já está competitivo, ainda mais com pneus ruins para treinar, é meio caminho andado. Quase que a gente não entra no Q2, mas, nós mexemos o necessário e fizemos uma excelente volta. E nessa corrida que a gente só tinha uma troca de pneus: você não tem estratégia; a estratégia é largar o melhor possível. Então, eu acho que foi isso, estou muito feliz por chegar ao tri num ano tão difícil; sei lá, eu tinha um pressentimento de que ia dar certo”.

Resultado da corrida final (Top-10)
1º 90 Ricardo Maurício (Eurofarma-RC/Chevrolet Cruze)
2º 10 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Toyota Corolla)
3º 33 Nelsinho Piquet (Texaco Full Time/Toyota Corolla)
4º 29 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Chevrolet Cruze)
5º 30 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla)
6º 28 Galid Osman (Shell V-Power/Chevrolet Cruze)
7º 44 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Toyota Corolla)
8º 18 Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze)
9º 11 Gaetano di Mauro (KTF Sports/Chevrolet Cruze)
10º 85 Guilherme Salas (KTF Sports/Chevrolet Cruze)

Classificação final do campeonato (Extra-oficial):
1º – Ricardo Maurício – 291 (CAMPEÃO)
2º – Ricardo Zonta – 278 (vice)
3º – Daniel Serra – 275
4º – Thiago Camilo – 238
5º – Cesar Ramos – 237
6º – Rubens Barrichello – 234
7º – Gabriel Casagrande e Nelson Piquet Jr. – 224
9º – Allam Khodair – 221
10º – Guilherme Salas – 212
11º – Diego Nunes – 203
12º – Bruno Baptista – 179
13º – Julio Campos – 173
14º – Rafael Suzuki – 172
15º – Átila Abreu – 158
16º – Denis Navarro – 134
17º – Cacá Bueno – 125
18º – Matías Rossi – 121
19º – Galid Osman – 107
20º – Gaetano di Mauro – 104
21º – Marcos Gomes – 88
22º – Lucas Foresti – 87
23º – Pedro Cardoso – 84
24º – Tuca Antoniazi – 50
25º – Felipe Lapenna – 14
26º – Vitor Genz – 11
27º – Vitor Baptista – 8

Calendário 2021*:
1º evento – 28 de março
2º evento – 25 de abril
3º evento – 16 de maio
4º evento – 20 de junho
5º evento – 11 de julho
6º evento – 22 de agosto
7º evento – 19 de setembro
8º evento – 24 de outubro
9º evento – 21 de novembro
10º evento – 12 de dezembro
*Sujeito a alterações. Praças serão anunciadas posteriormente

Vencedores da temporada 2020:
Goiânia: Ricardo Zonta e Rubens Barrichello
São Paulo: Nelsinho Piquet e Ricardo Zonta
Londrina: Rafael Suzuki e Ricardo Maurício
Cascavel: Thiago Camilo, Bruno Baptista e Daniel Serra
Mogi Guaçu: Julio Campos e Diego Nunes
Curitiba: Thiago Camilo e Gabriel Casagrande
Goiânia: Ricardo Maurício, Guilherme Salas e Allam Khodair
São Paulo: Ricardo Maurício

Vitórias dos pilotos em atividade em 2020
1. Cacá Bueno, 7
2. Thiago Camilo, 6
3. Ricardo Maurício, 5
5. Marcos Gomes, 4
5. Ricardo Zonta, 3
6. Daniel Serra, 2
7. Atila Abreu, 1
8. Nelsinho Piquet, 1

Sobre a FRAS-LE:

No mercado há mais de seis décadas e uma das cinco maiores fabricantes mundiais de materiais de fricção, a Fras-le, que faz parte das Empresas Randon, é uma marca reconhecida globalmente. Com mais de 12 mil referências nas marcas FRAS-LE & Lonaflex, a empresa coloca ao alcance do consumidor uma linha completa de produtos de fricção da mais alta qualidade, desenvolvidos e testados em seu Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, um dos mais bem equipados do mundo, que conta com laboratórios químico, físico, piloto e o Centro Tecnológico Randon, um centro de testes por excelência.

A empresa expandiu seu portfólio com a aquisição, em 2012, da Controil, que fabrica componentes para freios e embreagens e polímeros automotivos. Em 2018, mais 2.500 referências com a marca FREMAX foram incorporadas ao mix de produtos da FRAS-LE, com a aquisição da empresa, que produz discos, tambores de freios e cubos de roda.

Desde 2016, a Fras-le é a fornecedora oficial das pastilhas de freio dos carros da Stock Car, Stock Light e Mercedes-Benz Challenge. A FREMAX, desde 2004, também é a fornecedora oficial dos discos de freio da Stock Car, assim como das categorias Stock Light, Mercedes-Benz Challenge, Porsche GT3 Cup, Sprint Race e Old Stock

Recentemente, a FRAS-LE concluiu a aquisição da Nakata Automotiva que, dentre os principais itens estão amortecedores, terminais e barras de ligação e direção, pivô e bandejas de suspensão, juntas homocinéticas, componentes de eixos cardan e diferencial.