Sistema de Transmissão Automotiva

transmi

O sistema de transmissão automotiva é o responsável por transmitir a força, rotação e torque, produzidos pelo motor, até as rodas, antes, passando pelo sistema de embreagem, caixa de câmbio, diferencial,  semi-eixos, até chegar as rodas.

A transmissão da força gerada pelo motor existe no automóvel desde sua criação. No começo a transmissão era realizada por polias e correias ou por discos de atrito colocados perpendicularmente entre si (Princípio do CVT). Depois as relações de transmissão foram introduzidas, com engrenagens de dentes, e criadas às caixas de relações, conhecidas popularmente por caixa de câmbio.

transmi
[Relação de transmissão por polias e correia]

As transmissões de força podem ser efetuadas nas rodas dianteiras, traseiras ou nas quatro rodas, independente da posição do motor, que pode estar atrás do veículo na frente ou no centro do automóvel.
Os tipos mais comuns de transmissões são mecânicas, aquelas que o motorista realiza a mudança de marcha e acionando a embreagem e uma alavanca de seleção de marchas.  Mas existem transmissões automáticas que realizam as trocas por meio hidráulico , por comando eletrohidráulico,  onde recebe informações por sensores ligados a caixa, motor e pedal de acelerador. Dessa maneira pode atuar autonomamente na seleção de marchas e relação mecânica de saída.
A transmissão do veículo é um sistema importante e deve ser compreendido no entendimento do funcionamento do automóvel. As transmissões estão evoluindo e a tecnologia no desenvolvimento de novos produtos são contínuos na indústria automotiva.

Texto: Gionei da Rocha
Desenho em AutoCad: Gionei da Rocha