TBI, Injeção Monoponto

tbi

Quando os primeiros sistemas de injeção eletrônica de combustível chegaram ao mercado nacional, trouxeram uma tecnologia onde a alimentação de combustível é realizada através de um corpo de borboleta, muito parecido com o carburador, contendo uma válvula injetora de combustível, regulador de pressão e alguns sensores do sistema.

Este corpo de borboleta recebe a denominação de TBI. Nele está acoplado o bico injetor, que fica acima da borboleta de aceleração, o regulador de pressão de combustível que está na linha de pressão de combustível, o atuador de marcha lenta, o sensor de temperatura do ar admitido e o sensor de posição da borboleta aceleradora.
tbi
Os demais sensores do sistema são distribuídos pelo motor, como nos atuais sistemas. A pressão de combustível é mais alta devido a alta vazão de combustível, que alimenta todos os cilindros do motor. Com a tecnologia dos sistemas multipontos os sistemas de simples pontos, com nomenclaturas como i, I, EFI ou ie foram sendo substituídos gradativamente.

Texto: Gionei da Rocha
Imagem: GM Chevrolet