Conceitos de Eletricidade Fundamental

atomo

A eletricidade, como fenômeno, existe a centenas de milhares de anos, talvez desde a criação do universo. As explosões das estrelas, os ventos solares e os raios sempre intrigaram o homem em conhecer estes fenômenos.

Na antiga Grécia, o pensador grego Tales de Mileto relatou algumas experiência sobre tais fenômenos de interação de força. Então, aquela época tinha-se curiosidade em saber sobre aqueles fenômenos e seus efeitos que se interagiam com o homem e a natureza. Conta a história, que Mileto concluiu suas teorias de tais forças atritando um bastão de madeira em lã de carneiro por um determinado tempo. Logicamente que alguns pedaços de lã caiam em uma suposta mesa, então depois de um determinado tempo ao aproximar o bastão de madeira sobre as limalhas de lã as mesmas foram atraídas pelo bastão. Opa!, existia ali alguma força que interagia sobre estes materiais.

atomo
[Modelo atômico utilizado na eletricidade]

Mais adiante a Química assumiria o papel de explicar estes efeitos que aconteciam na interação de determinados tipos de materiais. Muitos conceitos como os dos “Quatro elementos”, do “Quinto elemento”, do “Éter” e tantas outras contribuíram para o desenvolvimento de teorias que serviram como estudo, base e auxílio para se chegar à teoria quântica que conhecemos hoje. Que toda matéria é formada por Átomos e suas partículas como o próton de carga positiva +, o nêutron de carga nula e o elétron de carga negativa -.
Hoje sabemos que a interação de elementos químicos, conhecidos e dominados pelo homem, podem se interagir, se combinarem e se reagirem trabalhando juntamente com estas partículas, positivas e negativas, que podem produzir os efeitos da eletricidade como a tensão elétrica, a corrente elétrica, a resistência elétrica e a potência elétrica.

Texto: Gionei da Rocha
Imagem: Gionei da Rocha, Desenho em AutoCad.