Opção de Trânsito Limpo em São Paulo

010170090408-onibus-hidrogenio

As cidades estão termicamente quentes ante aos altos índices de gases do efeito estufa, em grande parte provocado pelo aumento de veículos automotores, que em seu percentual maior são aqueles que rodam com combustíveis derivados de petróleo, em todo Planeta Terra.

As saídas estão sendo pesquisadas e desenvolvidas, embora lentas, as alternativas ecologicamente corretas começam a ganhar espaço. O Brasil também é pioneiro em tecnologia limpa, com a tecnologia a Álcool e flex.

Outras medidas estão sendo tomadas como a implantação de transporte coletivo limpo. São Paulo dá o primeiro passo, na utilização de transporte a Hidrogênio, com a aplicação de um ônibus equipado comcélula de combustível a Hidrogênio.

O projeto foi fabricado no Rio Grande do Sul, na cidade de Caxias do sul. A célula de hidrogênio é ecologicamente correta, por gerar eletricidade através da eletrólise do hidrogênio, sendo um processo de alta eficiência energética.
A potência deste motor pode chegar a 230Kw. O Hidrogênio, produzido em São Bernardo do Campo, São Paulo, pode alimentar o sistema gerando autonomia para até 300 Km rodados.
O ônibus a Hidrogênio irá trafegar no corredor metropolitano ABD (São Mateus-Jabaquara). Com velocidades que podem ultrapassar os 25Km/h o ônibus é uma opção limpa no transporte Urbano.
A Tecnolgia também é nacional da Parceria entre o Programa das Nações Unidas para o desenvolvimento (PNUD), a Empresa Metropolitana de transportes Urbanos de São Paulo (EMTU), a GEF (Global Environment Facility) e da FINEP.

Texto: Gionei da Rocha
Imagem: EMTU