Ferrari Monza SP1 e SP2

Postado em: 01/2019

180958-car-monza-sp1-1024x635

As novas Ferrari Monza SP1 e SP2 nascem de um novo conceito chamado ‘Icona’, que reabre o fio comum dos carros mais evocativos de sua história, criando um novo segmento de série especial limitada desenvolvida para clientes e Colecionadores Ferrari.

Desta forma, a Ferrari reinterpreta um estilo atemporal de acordo com os padrões modernos, acompanhando-o aos conteúdos altamente tecnológicos e aos mais altos desempenhos resultantes da pesquisa contínua no campo da inovação.

180959-car-monza-sp1-sp2-1024x478
Os fundadores do novo conceito Ferrari Monza SP1 e SP2. Eles são inspirados nos carros “barchette” dos anos 50, trazidos para o sucesso nos campeonatos internacionais pelos pilotos da Scuderia Ferrari.
180958-car-monza-sp1-1024x635
O primeiro carro da Ferrari chamado “barchetta” foi a versão descoberta do 166 MM de 1948. O nome foi Giovanni Agnelli que, ao vê-lo exposto no Salão de Turim daquele ano, comentou que mais do que um carro parecia um pequeno barco. O 166 MM “barchetta” escreveu o nome de Ferrari em história, enquanto ganhando o Mille Miglia e as 24 Horas de Le Mans em 1949, e este carro foi seguido por outros esportivos da Ferrari, extraordinários, como o Monza de 750 e 860 Monza, fonte clara de inspiração para o nome dos novos modelos.
180960-car-monza-sp1-1024x769

Os “barcos” eram semelhantes às aranhas (dois lugares secos), mas não tinham capuz; em vez de um para-brisa, eles tinham apenas uma pequena carenagem frontal na frente do piloto e do copiloto e uma cobertura de tonneau para cobrir o lado do passageiro. Embora consistente com essas características, o Ferrari Monza SP1 e SP2 são diferenciados pela possibilidade de o cliente poder pedir o carro em uma configuração de monoposto ou em uma configuração de dois lugares.

180963-car-monza-sp1-1024x769

O resultado é um modelo que parece esculpido pelo vento que molda suas formas. Destacando a pureza dos traços estilísticos e sua estética projetada para o futuro, mas com um olhar para o passado, sem nostalgia, mas sempre com muito respeito.

180961-car-monza-sp2-1024x769

Enzo Ferrari costumava dizer que “se existe uma alma, ela está no motor”, uma frase que é claramente confirmada pelo motor que equipa esses modelos. O Monza SP1 e SP2 são alimentados pelo mais potente aspirado V12 já produzido pela Ferrari: é o motor de 6,5 litros do 812 Superfast que, de acordo com desenvolvimentos específicos, é capaz de gerar uma potência máxima de 810 cv a 8500 rpm / min. e um binário máximo de 719 Nm a 7000 rpm.
180964-car-monza-sp2-1024x682

No Monza SP1 e SP2 a fibra de carbono foi usada para propósitos funcionais como para carros de corrida, tornando-os leves e fáceis de manusear e dando-lhes uma aparência esportiva e cativante. Sendo um carro desportivo sem pára-brisas e completamente “en plein air”, um dos maiores desafios foi procurar uma solução aerodinâmica que permitisse ao piloto desfrutar do altíssimo desempenho do Monza SP1 e SP2 sem sofrer os inconvenientes relacionados com a um carro “barchetta”.

Portanto, o “Virtual Wind Shield” (patenteado) foi desenvolvido; integrado na carenagem que envolve o painel de instrumentos e o volante do piloto, permite-lhe manter o máximo conforto de condução.
180962-car-monza-sp2-1024x769

Imprensa: Media Ferrari.com



Comentários (0) Abrir comentarios