2016 Endurance, Três Horas de Guaporé

Postado em: 05/2016

16185801052016_DUD_9955

O mais poderoso Mini recebe um adicional de potência de 20 hp, para um total de 231 hp e 236 lb-ft de torque.Dupla do Tubarão #78 conquista a segunda vitória da temporada em mais uma briga acirrada com Nilson e José Ribeiro do MRX #65

A segunda etapa do Campeonato Gaúcho de Endurance, em Guaporé, foi de muito frio com temperaturas na casa dos 5 graus, mas se fora da pista o frio era intenso dentro dela a coisa esquentou. Desde a largada, o que se viu foram grandes disputas e muita emoção do início até o fim das 135 voltas.

Com um grid cheio, com pilotos vindos dos mais diferentes estados brasileiros e acelerando máquinas dos sonhos entre protótipos, Maserati, Ferrari, BMW e Lamborghini, a vitória ficou com Tiel Andrade e Franco Pasquale, que venceram pela segunda vez no ano e abriram uma vantagem ainda maior na liderança do campeonato.

Abrindo a primeira fila os pole positions Nilson e José Ribeiro (MRX #65) e Franco Pasquele e Tiel Andrade (Tubarão #78), que logo na largada foram surpreendidos por Emilio Padron, que no comando do MRX #117, que forma dupla com Henrique Assunção, largou na quarta colocação e pulou para a liderança da prova, mas como toda a prova de longa duração essa seria apenas a primeira batalha.

16185801052016_DUD_9955

A prova ainda teve Pasquale/Andrade e Ribeiro/Ribeiro se revezando na liderança da prova, e mais uma vez a vitória foi apertada e só veio nas últimas voltas.”Tivemos um problema de freio logo na primeira parada e isso exigiu um cuidado redobrado para tentar manter a liderança e no final soube que o MRX#65 também tinha problema, mas os dois carros mesmo com problemas viravam rápido. Então, faltando duas voltas tiveram dois carros com problema, que forçou a entrada do safetycar, senão teríamos mais uma vez uma chegada pau a pau. A NC Racing tem um carro sensacional e os dois pilotos são muito competitivos. Será assim até o final do ano. Muito trabalho e briga suada pela vitória. Estou muito feliz por os nossos carros da GP1 e na P3 venceram, com o Julio Martini (Tubarão #05 conseguindo fazer uma bela ultrapassagem e vencer”, destacou Andrade, que venceu pela quarta vez consecutiva em Guaporé.

O MR 18 #04 de Claudio Ricci e dos irmãos Felipe e Vinícius Roso fez uma recuperação surpreendente, onde depois de um problema no motor na classificação largaram de último e chegaram a estar na segunda colocação, finalizando a prova em quarta.

A próxima etapa da categoria acontece em Santa Cruz do Sul, no dia 19 de junho, com etapa válida pelo Campeonato Brasileiro de Endurance.

16184801052016_DUD_1443

Vencedores por categoria:
Categoria GP1:  Tiel Andrade e Franco Pasquale – Tubarão #78
Categoria P2: Aldoir Sette e Carlos Brockveld – MRX #07
Sette:Agradeço a Deus, a minha família e a toda a equipe que me ajudou. Ao meu companheiro Carlos. Estou muito emocionado. Nem imagina vencer já na estreia do carro.
Categoria P3: Julio Martini e Marcelo Vianna – Tubarão #05
Martini:Tivemos um começo muito bom, mas um pneu furado nos fez perder duas voltas. Na segunda janela, o Marcelo fez um grande trabalho e pisou fundo para a nossa recuperação. E viemos buscando as voltas. Além disso, a equipe fez um trabalho sensacional de box e nos últimos 20 minutos a briga foi acirrada para buscar essa vitória. Parabéns ao Mallaco e ao Leo Mallaco (1R #128), que foram sensacionais. Legais e justos numa disputa muito bonita. Foi fantástico!
Vianna: Foi uma corrida extremamente batalhada e a vitória que tinha escapado da gente na primeira etapa veio. Largamos na pole e, infelizmente, tivemos o pneu furado, onde ficamos para trás, mas eu tentei de tudo na minha tocada para irmos recuperando e entreguei  o carro para o Julio, que veio em uma briga, totalmente, legal e foi uma corrida muito linda tanto dele, quanto do #128. Demos o nosso máximo e no detalhe conseguimos buscar essa vitória. Parabéns ao MC Tubarão, que foi responsável por nos entregar um carro, que nos deu a chance de buscamos essa prova.
Categoria GT1: Ricardo Kastropil, Ricardo Mendes, Paulo Totaro e Telmo Tecchio – Maserati #70
Categoria GT2:Arthur Caleffi e Roberto Lacombe – Maserati #09
Categoria T: Ike e Reinaldo Halmenschlager – Gol#22
Reinaldo: Foi uma corrida estratégica, pensando em poupar equipamento nas duas primeiras horas e na hora final brigar pelo resultado. Graças a Deus deu tudo certo. Tudo isso é fruto de um trabalho sério de muitos anos, que estamos fazendo.
Ike: A próxima é em casa e já queremos convidar o público de lá para prestigiar a prova, que com certeza será muito bonita.
Categoria TS:  Daniel Elias e Luis Sena Junior – Gol #77

Os 10 primeiros colocados da prova:
1.    Franco Pasquale e Tiel Andrade – Tubarão #78 – GP1
2.    Nilson e José Ribeiro – MRX #65 – GP1
3.    Emilio Padron e Henrique Assunção – MRX #117 – GP1
4.    Claudio Ricci, Vinicius e Felipe Roso – MR18 #04 – GP1
5.    Aldoir Sette e Carlos Brockveld – MRX #07 – P2
6.    Julio Martini e Marcelo Vianna – Tubarão #05 – P3
7.    Mallaco e Leo Mallaco – 1R #128 – P3
8.    Andersom Toso, Fernando Poeta e Guilherme Daudt – Lamborghini #18 – GP1
9.    Arthur Caleffi e Roberto Lacombe – Maserati #09 – GT2
10.    Ricardo Kastropil, Ricardo Mendes, Paulo Totaro e Telmo Tecchio – Maserati #70

Melhor volta da corrida:  MRX #65 de Nilson e José Ribeiro com o tempo de 1.06.184.

Fotos: Dudu Leal/MS2

MS2 Comunicação



Comentário(1) Abrir comentarios