Aparelho de Diagnóstico para o Sistema OBD/OBDII

Postado em: 08/2013

IMG_0471

Analisando o “scanner” ou aparelho de diagnóstico para o sistema OBD e OBDII .

Todo sistema OBD e OBDII, possui uma área, dentro da unidade eletrônica, responsável pelo diagnóstico de falhas e defeito do sistema.

Essas falhas podem ser consultadas, através dos códigos de falhas, por piscadas, como visto na matéria anterior sobre o assunto, ou por um aparelho de diagnóstico, ligado ao conector.

O aparelho de diagnóstico, também conhecido como scanner, pode realizara leitura desses códigos de falhas ou DTC, gravadas na central eletrônica e até mesmo monitorar em tempo real o funcionamento dos sensores do sistema.

IMG_0471

Geralmente o aparelho, como mostrado na figura, possui um console de operação manual e um sistema interativo com janelas para as funções do mesmo. Softwares específicos, que podem rodar em uma unidade Laptop ou PC com conectores OBDII, também podem realizar as mesmas funções.
Esses aparelhos ou softwares também possuem a capacidade de apagar a memória de falha do sistema de injeção eletrônica, por exemplo, após o reparo.

IMG_0496

Existe uma grande gama de aparelhos no mercado, que podem custar entre R$150,00 à R$50.000,00. Geralmente os aparelhos com um custo muito elevado, possuem a capacidade de habilitar ou não sistemas e subsistemas eletrônicos dos veículos, quando geralmente só o scanner do fabricante terias essas funções.
Francamente, falando como especialista automotivo, instrutor de ensino SENAI e editor do site, já operei scanner’s , inclusive nacionais que podem custar até R$14.000,00, que não oferecem muitas vantagens em relação ao modelo de R$ 100,00 utilizado para as matérias do sistema OBD.

Texto e Imagens: Gionei da Rocha



Comentário(1) Abrir comentarios