2012 Copa Caixa Stock Car, Curitiba

Postado em: 10/2012

173678_274446_edu_corrida

A temporada 2012 da Copa Caixa Stock Car vai chegando ao seu final. Neste domingo (21), a 10ª etapa da categoria, no autódromo internacional de Curitiba, em Pinhais (PR), foi marcada por um acidente na largada, a primeira vitória de Átila Abreu na temporada e a estreia de Rubens Barrichello.

Na equipe Hot Car Competições (Bardahl / Promax), apesar do resultado não ter sido o esperado, Diego Nunes e Eduardo Leite marcaram pontos mais uma vez no campeonato, chegando em 15º e 18º, respectivamente.

Na largada da corrida, um acidente já tirou da prova quatro carros, entre eles o até então vice-líder Ricardo Maurício, que caiu para quarto no campeonato (129 pontos). Cacá Bueno, que chegou em quinto na etapa, mantém a ponta (147 pontos). O vencedor Átila Abreu pulou para terceiro, com 134 pontos. Daniel Serra, que chegou em terceiro em Curitiba, é o novo vice-líder (135).

173678_274446_edu_corrida

A prova ainda teve a estreia de Rubens Barrichello na categoria. O ex-piloto da F-1 e F-Indy largou em 15º, perdeu posições, teve um pneu furado e completou em 22º.

Nunes, que largou em 14º, era o mais chateado por não ter completado a etapa paranaense entre os 10 melhores. “O carro estava muito bom, com chance de brigar entre os primeiros, mas na largada eu acionei o botão de ultrapassagem (push-to-pass) e ele não entrou. Perdi várias posições e depois ficou difícil voltar a brigar com os dez primeiros”, lamentou o paulista.

“Foi meu único problema, a corrida toda. Infelizmente, perdemos mais uma vez a chance de completar uma prova entre os primeiros”, continuou Nunes, 18º no campeonato, com 52 pontos.

Já o companheiro Eduardo Leite, que largou em 30º, cumpriu o objetivo de fazer uma corrida de recuperação e marcar pontos. “Na situação que estávamos, era o melhor que podíamos fazer. Agora é hora de pensar na próxima e tentar melhorar o carro para a classificação”, afirmou. Leite está em 29º na tabela (20 pontos).

173630_274266_edu_carro

O chefe da equipe Hot Car, Amadeu Rodrigues, avaliou a etapa: “O Edu fez o trabalho dele e, no caso do Diego, foi uma pena este problema na largada. O importante é que os dois carros estão muito bons e temos de aproveitar as duas últimas etapas para transformar isso em bons resultados. Aqui já começamos bem na sexta, com o Diego andando entre os três primeiros e vamos animados para dar sequência a esta evolução em Brasília”, analisou o comandante do time. A Stock Car parte agora para a sua penúltima etapa, na capital federal, no dia 11 de novembro.

Texto e imagens: De Press Release www.fgcom.com.br



Comentários (0) Abrir comentarios