2012 Formula 1 Shell Belgian GP

Postado em: 09/2012

www.hoch-zwei.net

O Circuit de Spa-Francorchamps, nome oficial do circuito na Bélgica, é um dos mais emocionantes, citado por muitos como sendo o melhor, é sempre muito empolgante e sempre revela surpresas que marcam a história do automobilismo. Neste ano de 2012 não foi diferente com Grosjean fazendo “A Lambança” na largada, confira.

Começando a segunda fase do campeonato neste domingo a corrida de Spa, mostrou não só o desenvolvimento e avanço de algumas equipes menores e intermediárias, mas o baita equilíbrio do campeonato deste ano. Os 7004 metros entre as cidades de Spa e Francorchamps foram disputados volta a volta. O Domingo estava ensolarado, proporcionando boa temperatura de pista e pneus.

www.hoch-zwei.net

Desde a largada, com Maldonado queimando a saída e posteriormente o atropelo de Grosjean por cima de Kobayashi, Alonso e Hamilton e algumas sobras, as 44 voltas foram de tirar o fôlego.
Depois do acidente logo na largada, os pilotos abaixaram a adrenalina e houve algumas alternâncias de posições até a primeira rodada de boxes após a volta 12. Dai por diante foi um show de disputas e ultrapassagens.

gu5g2213

Conforme a diferença de estratégias se estabelecia, com pilotos indo pra duas trocas e alguns permanecendo na pista para uma somente, as ultrapassagens também aconteciam em todos os setores, pois os que optaram por duas paradas caiam para trás no grid, e partiam para cima buscando sua recolocação mais a frente, proporcionando lindas ultrapassagens, com a ajuda do KERS (Sistema recuparador de energia cinética) e do DRS (Sistema redutor de arrasto, da asa traseira).

gu5g2625

Felipe Massa fez uma corrida muito constante, e com estratégia para duas trocas buscou algumas ultrapassagens e se manteve em quinto a frente de Webber, segurando o australiano até o fim. K. Raikkonen lutou muito e conquistou o terceiro lugar no pódio. S. Vettel avançou no grid e conseguiu a segunda posição.

www.hoch-zwei.net

Mas as 44 voltas do GP da Bélgica foram conquistadas primeiro por J.Button da equipe McLaren depois de 1:29:08:530h, levando a quadriculada com apenas uma troca de pneus e um carro muito equilibrado. Bruno Senna também correu bem. Com pneus novos e tanque vazio, faltando 4 voltas para o fim da corrida, o brasileiro cravou a melhor volta com 1:52:822s.

vmm_12bel12_007

Texto: Gionei da Rocha
Imagens: Copyright

Vodafone McLaren Mercedes F1 Team
Lotus F1 Team
Sauber F1 Team



Comentários (0) Abrir comentarios