2012 Copa Fiat, Curitiba

Postado em: 07/2012

165605_255515_cf__1__prova

Apesar do abandono na 2ª corrida, Christian conquistou pódio na 1ª bateria e segue líder. Duas corridas de tirar o fôlego completaram neste domingo (29) a 3ª rodada da temporada 2012 da Copa Fiat no autódromo internacional de Curitiba, em Pinhais (PR).

Na 1ª prova, Christian Fittipaldi largou em terceiro e cruzou a linha de chegada em segundo, atrás de Cacá Bueno. Foi o quinto pódio de Fittipaldi no campeonato (duas vitórias, um segundo e dois terceiros).

165605_255516_zaccarelli_domingo

O companheiro de equipe, Mauri Zaccarelli, terminou a bateria em décimo, depois de largar em 14º. O piloto foi envolvido em um acidente na largada, o que prejudicou o rendimento do carro.

Na 2ª corrida, Christian partiu da sétima posição (os oito primeiros largaram invertidos no grid) e logo estava em sexto, chegou a ser o quinto, mas foi obrigado a abandonar na sétima volta com um problema no motor.

Logo em seguida, uma batida forte entre Cacá Bueno e Edson do Valle fez o carro do bicampeão capotar e a cena impressionou. Felizmente, Bueno nada sofreu e saiu ileso do carro.

A corrida seguiu com várias disputas e Zaccarelli manteve sangue frio para ganhar posições e cruzar a linha de chegada em quarto. O piloto largou em décimo e já no começo da prova dava mostras de que iria bem. Ele pulou para oitavo e chegou a ultrapassar Cacá.

165564_255394_dub_8103

Ao final da prova, no entanto, o piloto acabou punido em 20 segundos, por ter usado uma parte fora do traçado e que segundo os comissários deram vantagem ao piloto. A equipe ainda não sabe se irá recorrer, já que Zaccarelli não teve como devolver as posições, pois na volta seguinte os dois pilotos que ele ultrapassou (Cacá e do Valle), bateram e saíram da prova. Com a punição, Zaccarelli caiu para 11º no resultado final.

O vencedor da 2ª bateria foi André Bragantini. Com os resultados, Christian segue na liderança, com 71 pontos, contra 69 de Cacá. Zaccarelli está em 13º lugar, com cinco pontos.

“Poderia ter sido melhor, mas não posso reclamar. Na segunda corrida, o carro estava bom e tinha grandes chances de terminar novamente entre os três ou quatro primeiros, mas infelizmente o motor quebrou. Mas, o importante é que continuo na liderança, embora o Cacá tenha chegado perto agora. O Bragantini também entrou definitivamente na briga”, comentou Fittipaldi.

165605_255515_cf__1__prova1

“Também estou feliz por ver o Cacá bem, por ele não ter se machucado. A batida foi forte, mas foram só danos materiais e, com certeza, eles vão conseguir deixar tudo pronto para voltar a brigar em São Paulo”, completou, lembrando que a temporada terá a próxima rodada na pista de Interlagos no dia 19 de agosto.

Estreante na categoria e correndo pela primeira vez em Curitiba, Zaccarelli estava feliz com o quarto lugar. “Na primeira corrida, levei uma batida e a equipe conseguiu fazer um trabalho perfeito e me dar o melhor carro do final de semana em apenas algumas horas”, declarou o piloto do ABC paulista.

Sobre a punição, o piloto disse: “Passei o ponto de freada e realmente sai do traçado, mas não tinha como eu devolver as posições, porque logo na volta seguinte os dois pilotos que eu passei (Cacá Bueno e Edson do Valle) bateram. Mas, sinceramente, pra mim, o que valeu mesmo foi o quarto lugar na pista.”

165605_255517_podio_domingo

Texto: De Press Release FGCom
Imagens: Duda Bairros



Comentários (0) Abrir comentarios