2011 Pagani Huayra

Postado em: 04/2011

2011-pagani-huayra-studio-front-angle-open-doors-1280x960

Antigas lendas da Aymara nos falam de Huayra Tata, deus do vento, que comanda as brisas, ventos e nevascas que invadem as montanhas, penhascos e colinas do planalto andino. É dito que a Tata Huayra reside no fundo dos altos picos e vales, abandonando-os apenas para demonstrar seu poder para sua esposa, Pachamama, deusa da terra mãe.

Design. A eternidade do elemento ar. Gentil e refinado, mas a força do vento é capaz de corroer até o mais resistente dos materiais dando origem a formas distintas conhecidas na natureza. Elegante e muscular o Huayra mescla o passado, presente e futuro em uma interpretação intemporal da arte automotiva.

2011-pagani-huayra-studio-front-angle-open-doors-1280x960

O estilo do carro foi aperfeiçoado ao longo de cinco anos para encontrar no início de cada linha e fim. Durante o estudo, oito maquetes foram criados, bem como dois modelos 1:01, cada uma evolução do anterior, em uma busca incessante para aperfeiçoar a forma e refino da substância.

2011-pagani-huayra-front-speed-1024x768

Os faróis bi-xenon são apenas um dos muitos dons preciosos vindos do Zonda R, e as luzes diurnas de LED são perfeitamente integrados com a forma elíptica do projeto. O pára-choques traseiro integra-se com o difusor e é dominado por uma moldura elíptica que cerca as quatro saídas de escape central, agora se tornando um elemento característico Pagani.

2011-pagani-huayra-studio-front-and-side-1280x960

O monocoque no Huayra tem um design completamente novo feito de carbontitanium.
No entanto, com as portas asa de gaivota e corte profundo no teto, muita pesquisa foi focada em atingir os mais elevados níveis de rigidez através da aplicação de novos materiais compostos avançados e tecnologias testados no Zonda R.

2011-pagani-huayra-dashboard-1280x960

O Coração . A Mercedes-AMG dispõe o coração para a Huayra. O 12 cilindros turbo á grau 60 com uma cilindrada de 5.980 cm3 foi desenvolvido não só para atender às mais rigorosas exigências técnicas e de qualidade, mas também para dar ao carro suas muitas faces. A calma e harmonia de dirigir um dos carros do mundo GT mais refinado é interrompida quando o motorista solicita ao Huayra para desencadear sua potência de 700 e 1000 Nm de torque. Os turbos têm sido estudados para oferecer uma resposta imediata para a entrada de menor acelerador, dando ao motorista controle completo sobre o motor em qualquer rotação e prevenindo atrasos indesejados na entrega de potência.

2011-pagani-huayra-engine-1280x960

A Xtrac é a transmissão já fornecida para o Zonda R e naturalmente escolhida para o desenvolvimento de uma nova caixa de câmbio de desempenho elevado. Os conhecimentos da Xtrac em motorsports era óbvio em toda a concepção e processos de seleção de materiais que resultaram em uma caixa mais forte e mais leve possível adequada para utilização em estrada, com uma caixa sincronizada, que oferece níveis de conforto excelente.
A geometria da suspensão foi projetado para aprimorar a natureza de pé firme que já era presente no Zonda sobre a maior distância entre eixos do Huayra. A suspensão individual feita com falsos AvionAl têm sido testada extensivamente sobre o programa R Zonda.

2011-pagani-huayra-studio-rear-1280x960

Pirelli diz “A potência não é nada sem controle” e para assegurar um controle completo a Pirelli desenvolveu o bespoke, pneus P Zero, especificamente para o Huayra. Os engenheiros da Pirelli foram confrontados com uma tarefa exigente, combinando a aderência de emoção ao volante e menor resistência ao rolamento para reduzir as emissões de CO2 e consumo de combustível. Estes pneus P Zero são construídos em um dedicado MIRS ™ (Modular Integrated System robotizado), dedicada à produção de pneus de altíssima performance e estão na vanguarda do que é tecnicamente possível, adaptados à velocidade máxima acima de 370 km / h, bem como a forças laterais superiores a 1,5 G.

2011-pagani-huayra-studio-side-1280x960

Além da pressão aerodinâmica gerada pelos flaps e do corpo, duas áreas de alta pressão negativa foram concebidos na forma da parte inferior e o difusor na traseira, aumentando a estabilidade aerodinâmica e garantindo a Huayra o downforce em todas as circunstâncias.

O carro atende aos mais rigorosos padrões europeus e americanos em termos de normas de segurança e poluição. Vários estudos foram realizados para determinar os tipos mais freqüentes de acidentes envolvendo carros de alto desempenho. Os resultados desses estudos permitem desenvolver medidas de segurança específicas não só exigidas por lei, mas para garantir uma maior proteção para os ocupantes. Vários carros foram utilizados para realizar estes testes.

Texto: De Press Release Pagani, traduzido por Gionei da Rocha com acréscimo de detalhes e explicações específicas do assunto.
Imagens: Copyright seriouswheels.com



Comentários(2) Abrir comentarios