Funcionamento do Sistema de Suspensão

Postado em: 06/2009

dsc05433

O sistema de suspensão é considerado o sistema que mantém o carro de “pé”. Este sistema pode ser comparado com os mecanismos móveis naturais. Fazendo uma analogia, observamos em alguns animais o apoio sobre quatro patas articuláveis, os automóveis se apóiam sobre quatro colunas telescópicas, sendo consideradas as pernas do veículo.

Tendo um dos papéis mais importantes no automóvel, o sistema de suspensão tem sua funcionalidade bastante simplória. Os amortecedores, juntamente com as molas, são as peças de maior destaque no sistema. O amortecedor é um componente que trabalha com diferença de pressão em câmaras internas. Seu princípio é baseado no modelo cilindro, e pistão com haste. A haste que está ligada a um êmbolo ou pistão movimenta-se no interior do cilindro empurrando e gerando pressão no fluido hidráulico em uma câmara A. Separada por pequenos orifícios, o fluido tende a se direcionar para câmara B. Por existir a limitação na passagem do fluido a haste demora a percorrer seu curso realizando o efeito do amortecimento e corte do efeito da mola.

dsc054411
[Conjunto haste e cilindro do amortecedor]

A mola de suspensão que pode ser do tipo helicoidal ou do tipo de feixe de molas recebe a ação do mecanismo de suspensão pela articulação do braço de suspensão e absorve todas as irregularidades da estrada.
O braço de suspensão juntamente com buchas e pivô se articulam para cima e para baixo conforme as saliências da pista.

dsc054311
[Braço de articulação, bandeija]

O conjunto coluna de suspensão, além de realizar o efeito de extensão e compressão também precisa girar em seu próprio eixo para que aconteça a direção das rodas do veículo. Para isto a coluna conta com um coxim superior para absorver os impactos contra a lata do para lama e um rolamento superior. Na parte inferior a coluna conta com o pivô de suspensão ou junta esférica que permite girar em seu próprio eixo e em alguns ângulos.

dsc05412
[Pivô ou junta esférica]

O batente da haste do amortecedor ajuda no fim de curso da haste para que a mesma não desça até o fundo do amortecedor evitando excesso de pressão interna no componente. O batente conta com uma coifa de proteção de eventuais intempéries, que ataquem a haste do amortecedor, como poeira e água.

dsc05420
[Batente com coifa]

A barra estabilizadora que é ligada de uma coluna de suspensão a outra faz com que o automóvel permaneça o mais estável possível. Pense em uma barra de aço ligada de uma mão a outra, quando aplicamos a força em um dos braços para baixar a barra à mesma tende a manter-se no lugar puxando nosso braço de volta. No automóvel este efeito também acontece, quando uma das colunas sofre o efeito da compressão ou extensão a barra estabilizadora tenta compensar mantendo o automóvel o mais estável possível.

dsc05449
[Bucha da barra estabilizadora]

Texto e Imagem: Gionei da Rocha
Edição de Imagem: Mídia Digital
Apoio: Auto Mec. Valmor LTDA



Comentários(3) Abrir comentarios