Manutenção do Sistema de Lubrificação Para os Tuchos Hidráulicos

Postado em: 03/2009

cabecote_51

Como um simples sistema de lubrificação pode afetar o funcionamento do motor, em geral, e também contribuir com uma falha de regulagem de válvula direto no tucho hidráulico que traz, além de um ruído, uma problemática no desempenho do motor.

Com relação a qualidade e validade do óleo lubrificante para o motor, não há dúvidas, esse sistema é fundamental para o funcionamento do motor, sua função é tão importante, que uma deficiência chega ao ponto de gerar falhas e irregularidades no motor, bem desconhecida entre os usuários do automóvel. Um sistema bem afetado, pela má condição do sistema de lubrificação, é o sistema de regulagem automática de folga das válvulas.

cabecote_51

Este sistema que tem por principal componente o tucho hidráulico pode ter seu desempenho comprometido se o óleo lubrificante estiver fora do prazo de troca, com a validade vencida ou até mesmo, sendo novo, com a viscosidade errada.
Os tuchos hidráulicos são carregados de óleo por pressão da bomba de óleo, os tuchos minimizam a folga entre balancin e válvulas do motor e quando o óleo lubrificante apresenta algum dos problemas citados acima, os balancins não se carregam, devido a queda de pressão, e as válvulas desreguladas geram ruído e perda de desempenho do motor com ganho de consumo
mailgooglecomtucho1

Uma boa maneira de evitar este tipo de situação é seguir o plano de manutenção preventiva do fabricante e utilizar o óleo recomendado sem qualquer alteração, mistura ou acréscimo de aditivos.

Texto: Gionei da Rocha
Imagem: Alan W. Spring

Comentários(72) Abrir comentarios